domingo, 16 de julho de 2017

A VERDADEIRA HISTÓRIA DO PRATO BARREADO DE MORRETES PARANÁ

Há muitos anos conversei  com um idoso em uma chácara lá do lado da estrada da Graciosa. Perguntei a ele sobre a origem do prato Barreado. Ele explicou: "Isto tudo que os restaurantes de grã-fino falam é  mentira. O Barreado nada mais é que a comida que os cozinheiros dos tropeiros vaziam cozinhando carne seca temperada com alho. Depois de pronta eles fechavam a panela de barro, vedando com argila. E deixavam do lado do braseiro, para não esfriar. Depois eles voltavam à tardinha para a janta, tiravam a argila da tampa e comiam. Era uma espécie de panela de pressão caipira. A farinha de mandioca eles consumiam com todos os pratos. A banana quando conseguiam era a "mistura" deles. Pinga de fato nunca faltou. Na  época dos tropeiros não havia tomates, cenouras e pimentões. Cebola de cabeça não era sempre que conseguiam. Os temperos eram apenas o sal, alho e pimenta do reino. A vida dos tropeiros era muito dura", - concluiu ele. PESQUISADOR JOSÉ CARLOS FARINA.