terça-feira, 1 de agosto de 2017

AS VANTAGENS DE PRESERVAR AS FLORESTAS NO BRASIL

DANIEL STEIDLE


CABEÇA DE CABAÇA" LEMBRANDO DO NOSSO CORAÇÃO... Escreve o Professor Efraim Rodrigues da UEL que há "30 anos ele está tentando desmanchar o nó da falta de uma atenção maior pelas florestas". Fico pensando: "porque a ficha ainda não caiu?" Secas, pragas, doenças, calor de mais, frio demais... o que mais precisa acontecer para incluirmos em nossas vidas as florestas (urbanas e rurais)? Cultivamos o horror pelas árvores por causa do jeito errado com o qual tratamos elas. O resultado são conflitos: sujeira, fiação, calçada, pombo, ladrão que se esconde, lixo que se amontoa e lavoura que deixa de produzir... Costa Rica, nem de perto tão rica em florestas como o Brasil, parece que achou um jeito de fazer das florestas a sua marca de sucesso. Tem como aprender deles? O estudo da Embrapa-Florestas aponta para o Norte do Paraná o "maior incremento florestal do Mundo"; temos o LABRE (Laboratório de Biodiversidade e de Restauração de Ecossistemas) da UEL e perto uma próspera indústria moveleira... Ah, e tem a questão da disponibilidade da água, só possível com a presença das árvores... Vamos usar a cabeça? Ou será mais "lucrativo" continuarmos a empurrar a questão das florestas com a barriga? Talvez falta incluirmos o CORAÇÃO... neste sentido continua inspirador o vídeo caseiro (20 min.) de 2014: O BANHO DE KATY (link abaixo e no you tube). Sem chance de levar um Oscar o filme pode motivar mais corações e mais produções caseiras. Boa sorte!DANIEL STEIDLE