quinta-feira, 14 de junho de 2018

UM CASO DE GRIPE " H1N1 INFLUENZA A " EM ROLÂNDIA

FOLHA DE LONDRINA

A confirmação de um caso de H1N1 "influenza A" em uma moradora de Rolândia elevou para dez o número de pessoas que já foram diagnosticadas com a doença em 2018, na região da 17ª Regional de Saúde, que inclui Londrina. A vítima é uma mulher, gestante, na faixa etária entre 20-30 anos, que não tomou a vacina contra a gripe apesar de estar incluída na faixa populacional com direito à imunização. Conforme informações do enfermeiro Marcelo Marques Ferreira, da Vigilância Epidemiológica de Rolândia, a gestante foi tratada, monitorada e passa bem. 

"Ela alegou não ter se vacinado porque mora longe do posto e não conseguiu se locomover por causa da greve dos caminhoneiros", explicou. Pessoas que conviveram com a paciente por mais de oito horas e permaneceram a menos de um metro de distância também foram medicados com Tamiflu por prevenção. "É o que chamamos de bloqueio do caso", acrescentou o enfermeiro. 

A campanha de vacinação contra a gripe termina no dia 15 de junho. Em Rolândia, 11 mil pessoas já foram imunizadas, o que corresponde a 81% da população com direito ao benefício. A meta é chegar a 90%. Nesta semana, profissionais da secretaria municipal de Saúde estão indo aos centros municipais de Educação Infantil para vacinar – mediante autorização dos pais - crianças até 5 anos. "Esse é o grupo com o menor percentual de adesão à campanha, por isso estamos fazendo a busca ativa", afirmou.

Carolina Avansini 
Grupo Folha